Plastiki

Um catamarã construído em 2010 por David de Rothschild com lixo e material reciclado para atravessar o oceano Pacífico, saindo de São Francisco no dia 20 de março e chegando em Sidney no dia 26 de julho de 2010, depois de percrrer a distância de 8395 milhas náuticas timoneado por Jo Royle.

Seu casco, pasmem, é composto por 12.500 garrafas pet, toda energia usada no barco vem de fontes renováveis, ou adiquirida por painéis solares, ou por turbinas alojadas nos cascos, ou por bicicletas fixadas sobre dínamos, o barco não tem motor à combustão, uma maneira de chamar a atenção para o descarte de lixo nos mares.

A maior inspiração do projeto foi o combate ao que se chama de plastic soup, um cinturão de plasticos descartados no mar que flutuam por anos e acabou se tornando maior que os EUA. A equipe era formada por 10 pessoas sendo apenas seis a bordo, revesando com os quatro outros da equipe, entre fotógrafos, navegadores e mergulhadores levaram o veleiro por seu trajeto através do Pacífico.

Algums números interessantes do projeto:

120 mil horas de trabalho;

7807 novos fans no facebook;

10.400 fotos;

879 tweets do barco;

E tem muito mais no site.

O feito foi registrado pelo NatGeo e no final da viagem o Plaskiti foi doado ao Museu Marítimo Nacional de Sidney, em Darling Harbor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s